Início » Sandman: Saiba o motivo do silêncio da Netflix sobre renovação para 2ª temporada
Netflix Notícias

Sandman: Saiba o motivo do silêncio da Netflix sobre renovação para 2ª temporada

Segunda temporada de Sandman vai acontecer? (Foto: Divulgação)

Em fiascos e outros títulos sem tanta repercussão, a Netflix correu e confirmou continuações. No entanto, com relação a Sandman, o silêncio tem incomodado. A quantidade de pedidos para a renovação da série para a segunda temporada tem sido grande.

Veja também – Sandman: Em meio a crise da Netflix, segunda temporada pode estrear em outro streaming

Basta digitar a hashtag #sandman em qualquer buscador de uma rede social para verificar que o silêncio da Netflix não é justificável. Afinal, a quantidade de narrativas que foram deixadas em aberto na primeira temporada de Sandman fazem com que a história tenha continuações garantidas.

Ao mesmo tempo, os produtores têm sido pressionado pelos fãs sedentos por respostas. Foi assim que nesta quarta-feira, 21 de setembro, o próprio criador do universo de Sandman escreveu um desabafo. Ele esclareceu de uma vez por todas o que está acontecendo.

Veja também – Ex-BBB Serginho Orgastic encarna Sandman em vídeo promocional (hilário)

Segundo Neil Gaiman, a Netflix tem se dedicado a apurar dados e separar as informações relevantes antes de tomar uma decisão final: “A primeira temporada de Sandman foi lançada em 5 de agosto. A coleta de dados acabou de terminar – e é complicada porque muitas pessoas não a assistiram compulsivamente, mas aos poucos, deixando os episódios mastigados antes de assistir ao próximo“.

Para concluir o comentário, Gaiman deu uma alfinetada naqueles que se excedem ao tentarem causar uma pressão à plataforma ou aos produtores em busca da renovação da segunda temporada da série: “Pedir para a Netflix para se apressar não fará com que as decisões sejam tomadas mais rápido“.

Quando estreia a segunda temporada de Sandman?

Caso a Netflix opte por seguir o mesmo fluxo de trabalhos adotado na primeira temporada de Sandman, a nova leva de histórias vai demorar a chegar para o público. Isto porque, as gravações da temporada de estreia aconteceram ao longo de dois anos.

Veja também – Saiba por que heróis da DC não aparecem na série Sandman, da Netflix

Mas, não podemos tomar isto como verdade absoluta, pois é necessário lembrar que a pandemia pode ter sido um fator que atrapalhou o cronograma. Até o momento, cogita-se que a segunda temporada de Sandman estreie em dezembro de 2023.

Qual será a história da 2ª temporada de Sandman?

Nos episódios da segunda temporada de Sandman, se espera que haja um novo rumo para a Terra dos Sonhos, que aborda as vivências de Morpheus e trata da busca dele por novas aventuras, inspirando-se na musa grega Calíope. Porém, o último capítulo da 1ª temporada deixou uma pista importante.

Veja também – Autor revela porque nunca lançou filme de Sandman e escolheu a Netflix para produzir série

Afinal, faria mais sentido se a nova temporada seguisse a lógica da Estação das Brumas, que esclarece pontos importantes sobre as rusgas entre Sonho e Lúcifer (Gwendoline Christie). Também, outros nomes dos Perpétuos chegam neste novo arco: Delírio e Destino.

Gwendoline Christie em cena de Sandman (Foto: Divulgação)

Estação das Brumas também trás um dilema para Morpheus, que decide ir ao Inferno para resgatar Nada, humana com quem ele se envolveu amorosamente em um passado muito distante. Porém, isto resulta num fim do Sinteco Gelado, o que acaba expondo o Rei dos Sonhos a se tornar um alvo, porque isto faz com que ele passe a ter a chave do submundo.

Veja também – Showrunner responde se Estação das Brumas estará presente na 2ª temporada de Sandman

Caso este raciocínio seja seguido, o Segundo Ano de Sandman também poderia aproveitar para abordar Contos na Areia, arco que retrata as consequências do romance entre Sonho e Nada depois do encontro no Inferno. Este relacionamento é importantíssimo para a narrativa criada pelos quadrinhos, uma vez que esclarece o que acontecerá com os planos maquiavélicos de Desejo (Mason Alexander Park) e Lúcifer para destruir Sonho.

Sobre o autor

Gustavo Souza

Mestrando em Comunicação, pesquisador em Mídia e Infância e especialista em bate-papo sobre o universo da TV, novelas, cinema e streamings.

Comentar

Clique aqui para publicar um comentário