Início » Roteirista revela saga de 4 anos para criar Maldivas: “série mix de gêneros”
Netflix Notícias

Roteirista revela saga de 4 anos para criar Maldivas: “série mix de gêneros”

(Foto: divulgação)

A atriz e roteirista Natália Klein está no ar em Maldivas na pele da morcegona/Mortícia, a rival da personagem de Manu Gavassi, Milene, a síndica do condomínio. Em entrevista, Klein confessou que a saga foi longa até finalmente chegar à trama da série tal com la é apresentada hoje.

“Estou trabalhando nessa série há quatro anos. Na verdade, não teve uma ideia inicial. Queria muito fazer um projeto para a Netflix, então conversamos: o que vocês querem fazer? O que estão procurando? Conversamos muito sobre fazer uma série de mix de gêneros, uma coisa que não se faz muito aqui no Brasil, se faz muito fora”.

“Queria uma série que tivesse elementos cômicos, que é a minha origem, mas que também se aprofundasse nos dramas pessoais das personagens e que tivesse um arco de temporada com um mistério, algo que desse um gancho para cada fim de episódio, para que você continuasse assistindo”.

Veja também: Jim Carrey decide se aposentar após dublar Sonic nos cinemas: “Já fiz o suficiente”

E seguiu: “Conversamos muito sobre achar essa série que tivesse esses três pilares. Na época, morava em um condomínio. Não era na Barra, e tudo foi meio que se encaixando para que Maldivas surgisse”. Até que num belo momento a roteirista se tocou que um condomínio seria perfeito para contar a história.

“Ali no condomínio, fiquei pensando: ‘Gente, esse lugar é perfeito, tem tudo. Tem drama, comédia, mistérios sobre a vida de cada um desses moradores’. São seus vizinhos, você encontra eles no elevador quase todo dia, mas não sabe quem eles são. Então, tem muito pano para manga isso”.

A artista fnaliza, feliz com a estreia da série: “Já decorei as falas, sei recitar Maldivas. É real, não é um delírio coletivo que estava vivendo com aquele grupo de pessoas há anos, está acontecendo de verdade. Nem caiu a ficha, para ser sincera. É muito incrível”.

Com informações do Notícias da TV.

Sobre o autor

João Mesquita

Comentar

Clique aqui para publicar um comentário