Início » Prisão de ator por pedofilia causa sufoco e correria nos bastidores de Todas as Flores
Destaque Globoplay Notícias

Prisão de ator por pedofilia causa sufoco e correria nos bastidores de Todas as Flores

José Dumont perdeu o papel em Todas as Flores (Foto: Divulgação)

Acompanhamos nos últimos dias a prisão em flagrante do ator José Dumont, acusado de pedofilia. Na busca feita em sua residência, foram encontradas filmagens de crianças e adolescentes participando de momentos íntimos, o que é considerado crime segundo o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).

Veja também – Conheça os bandidões principais de Todas as Flores, a primeira “novela das 9” do Globoplay

Também, pesa-se contra o global acusações de aliciamento de menores, tanto na Paraíba (estado de origem do ator), quanto também no próprio Rio de Janeiro. Foi por conta do flagra de um suposto romance com um adolescente de 12 anos que vizinhos de Dumont o-denunciaram às autoridades.

As investigações estão em andamento e correm em sigilo. Por outro lado, a vida profissional do veterano foi impactada com os últimos ocorridos. A Globo decidiu retirá-lo de um papel de destaque em Todas as Flores, novela exclusiva do Globoplay com estreia prevista para o mês que vem.

Veja também – Caio Castro e mais 2 atores entram para Todas as Flores; conheça seus personagens

Ele seria o vilão Galo, braço direito de Zoe (Regina Casé). Assim que veio à tona, o caso de José Dumont provocou revolta e muita correria nos bastidores. De acordo com informações do Notícias da TV, as últimas horas nos bastidores da nova produção do streaming foram dedicadas a procurar uma forma de resolver o problema provocado pelo desfalque no elenco.

Por conta da importância, o personagem Galo continuará presente na história. O substituto para o papel deve ser definido até o início da próxima semana e todas as cenas já gravadas com Dumont serão descartadas, conforme noticiamos anteriormente.

Veja também – Vilã, Regina Casé maltrata filha cega em Todas as Flores: “Não tô preparada”

Procurada para comentar sobre um possível adiamento da estreia de Todas as Flores, a Globo afirma que mantém o cronograma divulgado. Com isto, a primeira parte da novela de João Emanuel Carneiro estreia normalmente em 17 de outubro. Quando a segunda parte estrear em maio de 2023, a Globo aproveitará para fazer uma apresentação da novela na íntegra na faixa das 23h na TV aberta.

Sobre o autor

Gustavo Souza

Mestrando em Comunicação, pesquisador em Mídia e Infância e especialista em bate-papo sobre o universo da TV, novelas, cinema e streamings.

Comentar

Clique aqui para publicar um comentário