Início » O Diário de Noel é baseado em fatos reais? Descubra a verdade por trás do filme
Netflix Notícias

O Diário de Noel é baseado em fatos reais? Descubra a verdade por trás do filme

O Diário de Noel se inspira em uma história real? (Foto: Divulgação)

A Netflix lançou em seu catálogo, recentemente, o seu mais novo romance natalino: O Diário de Noel. A história, com uma alta dosagem de emoção, vem atiçando a curiosidade dos assinantes da plataforma. 

A princípio, a história segue Jacob Turner (Justin Hartley), um escritor de sucesso que não vê a sua casa e nem a sua mãe há 30 anos. Expulso de casa aos 16 anos pela sua própria mãe, Jacob tomou rumos diferentes e decidiu enfrentar a vida longe de sua mãe, que sofria de doenças mentais. 

Veja também –  Criadores de Stranger Things revelam qual a maior inspiração para a temporada final

No entanto, o advogado da família liga para Jacob às vésperas do Natal para informar o falecimento de sua mãe. Agora em sua casa depois de tanto tempo, o escritor sente a nostalgia do lugar e acaba descobrindo que a sua mãe havia se tornado uma acumuladora e acaba encontrando um diário intitulado de Noel. 

Veja também –  You: Netflix altera data de estreia da 4ª temporada

Ao ler o diário, contudo, o autor acaba descobrindo que Noel se tratava de uma mulher que havia passado a gravidez com a sua mãe. A história começa a mudar quando Rachel (Barrett Doss), uma mulher misteriosa, aparece em busca de informações sobre uma mulher que a colocou para adoção no passado. 

O Diário de Noel é baseado em uma história real? 

A princípio, não. O roteiro do filme é inteiramente fictício, mas é baseado no livro homônimo criado por Richard Paul Evans. Embora não estejam contando uma história real, algumas das tramas flertam com a realidade do próprio autor do livro. 

Veja também –  Netflix surpreende com nova série emocionante sobre a vida de Jesus Cristo

A história se assemelha quando Richard Paul, assim como Jacob Turner, foram expulsos de casa. No entanto, o criador do filme deixa claro o enredo fictício e reafirma que a história não se inspira em nenhum fato. Além disso, o cineasta e diretor do filme, Charles Shyer, decidiu alterar alguns pontos da trama quando recebeu o roteiro pronto. 

Embora natalino, a ideia do filme é se tornar um produto que possa ser assistido em diversas épocas do ano, por isso o enfoque em outras subtramas dramáticas. 

Sobre o autor

Valtean Borges

Graduando em Geografia, aventuro-me no mundo da escrita como forma de explorar minha paixão pela 7ª arte. No Guia de Séries tenho a possibilidade de contar e viver histórias que, no futuro, servirão como grandes clássicos para as próximas gerações.

Comentar

Clique aqui para publicar um comentário