Início » Ginny e Georgia: chefe da série responde um dos maiores mistérios da 2ª temporada
Netflix Notícias

Ginny e Georgia: chefe da série responde um dos maiores mistérios da 2ª temporada

2ª temporada de Ginny e Georgia fez sucesso. (Foto: Divulgação)

Os novos episódios de Ginny & Georgia terminam com grandes reviravoltas, dando a entender que a produção será renovada para um terceiro ano. Enquanto isso oficialmente não acontece, em uma entrevista recente, Debra J. Fisher, a showrunner da série, discutiu um dos maiores mistérios do segundo ano da trama.

Levando em conta o fato de que Georgia faz de tudo para proteger sua família, e matar não é necessariamente um problema, alguns espectadores ficaram confusos sobre as motivações que a personagem teve para cometer o assassinato de Tom – até então um personagem que não representava qualquer perigo direto para sua família.

Em um papo com o portal The Hollywood Reporter, Fisher abordou o mistério e explicou o significado do momento para os fãs. Segundo ela, a cena foi “uma das mais difíceis” da série. “Nós tivemos tantas discussões sobre isso na sala dos roteiristas… passamos meses construindo essa cena. Posso dizer isso: a Georgia é muito complicada e cheia de nuances. Mas até agora, só vimos que ela é uma mamãe ursa, capaz de tudo para proteger os filhos”, comentou a produtora.

Veja também –  A Lição parte 2 ganha trailer especial na Netflix; confira

Para Fisher, a morte de Tom, na verdade, está bem mais relacionada à conexão de Georgia com Cynthia. “Quando o Gil agride Georgia na escola, a Cynthia logo percebe e inventa uma história: ‘Georgia, nós precisamos de você aqui’. Esse foi um momento tácito entre essas duas mulheres, no qual a Georgia sabe exatamente o que a Cynthia viu e percebeu. Essa é a preparação para a cena (em que Georgia mata Tom)”, diz ela.

Por fim, a showrunner conta que Georgia só matou Tom para dar um fim ao sofrimento de Cynthia. “E tudo culmina naquela cena em que elas dividem umas doses de uísque, e, para a Georgia, o que Cynthia fez foi muito importante. E a Cynthia sofre demais, com a morte do Tom tão iminente – ele já estava prestes a morrer. E só a Georgia poderia fazer algo assim”.

Sobre o autor

João Mesquita

Comentar

Clique aqui para publicar um comentário