Início » Famoso ator revela assédio sexual de assassino nos bastidores: “Como se fosse doença”
HBO Max Notícias

Famoso ator revela assédio sexual de assassino nos bastidores: “Como se fosse doença”

Guilherme de Pádua queria ter participado da nova série da HBO (Foto: Divulgação)

A série documental Pacto Brutal: O Assassinato de Daniella Perez está trazendo a tona, mais uma vez, os bastidores do crime que mais chocou o Brasil em 1992. Na atração, disponível na HBO Max, alguns depoimentos de artistas estão sendo exibidos.

Entre eles, Maurício Mattar, que fez até acusações contra Guilherme de Pádua. “Sempre que eu ia trocar de roupa, o Guilherme colava em mim, ficava olhando de banda e até mesmo pedia para eu mostrar meu pênis”, falou Mattar em uma entrevista à revista Istoé, sobre os bastidores do espetáculo Blue Jeans, de 1991.

Veja também – Guilherme de Pádua teria tentado intimidar autor de biografia de Daniella Perez: “Cuidado com esse livro”

Fábio Assunção e Alexandre Frota também estavam no elenco. “Lembro que na época do Blue Jeans, ele [Pádua] vivia assediando homens, como se fosse doença, compulsivamente. Era muito desagradável”, relembrou Mattar à revista. Para o artista, Pádua fazia isso como uma forma de tentar subir na carreira.

“Ele contou que transava com homens desde que chegou ao Rio de Janeiro, onde acontecia a apresentação da peça. Pelo visto era bi. Ele dizia que para subir na vida transaria com quem fosse preciso” acrescenta o ex-Globo.

Sobre o autor

João Mesquita

Comentar

Clique aqui para publicar um comentário