Início » Chefão da Netflix dá resposta sincerona para quem diz que streaming cancela séries de sucesso
Netflix Notícias

Chefão da Netflix dá resposta sincerona para quem diz que streaming cancela séries de sucesso

A Netflix deu a resposta sincerona ao fãs que a acusam de ser injusta com alguns cancelamentos (Foto: Divulgação)

A angústia que consome os fãs de muitas séries canceladas pela Netflix às vezes toma proporções inesperadas. São mutirões e xingamentos constantes proferidos à plataforma, que costuma não responder estes posicionamentos mais raivosos de muitos assinantes revoltados.

No entanto, ao ser questionado sobre as críticas contra cancelamentos de séries, o chefão da Netflix Ted Sarandos deu uma resposta sincerona. Ele afirmou que a plataforma de vídeo jamais tomou nenhuma decisão impensada, injusta ou baseada nas emoções.

Veja também – HBO Max toma decisão após instaurar terror nos bastidores com cancelamentos em massa

Isto porque, a primeira acusação de muitos fãs é de que a Netflix se equivocou ao anunciar o fim de títulos populares como O Clube da Meia-Noite, Warrior Nun e 1899. Sobre esta afirmação, Sarandos foi muito sincero ao afirmar em entrevista para o Bloomberg que os cancelamentos de muitas séries ocorrem porque elas fazem sucesso apenas em suas respectivas bolhas de público:

Nós nunca cancelamos uma série de sucesso. Muitas dessas (canceladas) foram bem intencionados, mas conversam com um público muito pequeno, e tem orçamentos muito grandes. A chave para isso é: você tem que ser capaz de falar com um público pequeno com um orçamento pequeno, e um grande público com um grande orçamento. Se conseguir, pode fazer isso para sempre

Cancelamento mais recente: Uncoupled

Uma única temporada foi o suficiente para que a Netflix entendesse que Uncoupled não deu certo. Diante dos resultados frustrantes, a comédia gay estrelada por Neil Patrick Harris passou a fazer parte da lista dos primeiros cancelamentos da plataforma de vídeo em 2023.

De acordo com informações do Deadline, além de não agradar, Uncoupled teve um péssimo desempenho de audiência. Sem esboçar qualquer reação expressiva ou sequer chamar atenção no Top 10, a Netflix não viu outro caminho senão decretar a descontinuidade do projeto.

Veja também – “Vermelho, Branco e Sangue Azul”: Gravações do novo filme gay da Amazon são oficialmente encerradas

Trata-se de mais um título com temática LGBTQIAP+ que é cancelado. Primeira Morte, Warrior Nun, Special, Feel Good, Sense8 e Atypical foram alguns dos cancelamentos de séries voltadas à este público nos últimos anos para cá. Com isto, Uncoupled não terá a oportunidade de continuar a história ou sequer fazer com que Michael (Neil Patrick Harris) tenha um final feliz.

Sobre o autor

Gustavo Souza

Mestrando em Comunicação, pesquisador em Mídia e Infância e especialista em bate-papo sobre o universo da TV, novelas, cinema e streamings.

Comentar

Clique aqui para publicar um comentário