Início » Blade: Revelado o real motivo do escândalo envolvendo demissão de diretor
Disney+ Notícias

Blade: Revelado o real motivo do escândalo envolvendo demissão de diretor

Diretor de Blade pediu demissão e a Marvel confirmou o desligamento (Foto: Divulgação)

O comunicado emitido pela Marvel foi contundente ao afirmar que “por motivos pessoais“, o diretor Bassam Tariq havia pedido demissão dos trabalhos de Blade. Ele sequer chegou a fazer parte das primeiras gravações, agendadas para acontecerem no próximo mês de novembro.

Veja também – Berlim: Netflix inicia produções da nova série derivada de La Casa de Papel

Nós apreciamos o trabalho de Tariq e o que ele fez para trazer Blade até aqui. Mas o mesmo por razões pessoais está sendo desligado do projeto“, disse a nota emitida pela Marvel para esclarecer a quebra do contrato com o cineasta.

De acordo com informações dos insiders do The Direct, esta demissão foi motivada por um verdadeiro tumulto. A desorganização com os roteiros é apontada como um dos principais motivos que fizeram Tariq pedir para sair. Ele não estava conseguindo controlar a situação e acabou deixando a produção antes de ser colocado como culpado.

Veja também – ‘BioShock’: Francis Lawrence comandará nova adaptação da Netflix

A roteirista Stacy Amma Osei-Kuffour era a responsável pelos textos. Porém, ela estava sendo alvo de acusações de atrasos constantes, uma vez que o cronograma de trabalhos está bem definido para a estreia acontecer em 02 de novembro de 2023.

Diante do impasse, Beau DeMayo se torna o roteirista principal e terá uma grande missão pela frente. Caberá a ele reescrever todos os textos, com um curto espaço de tempo para a entrega dos novos roteiros. Tariq, que pediu para deixar o cargo de diretor, aceitou o convite para permanecer no projeto como produtor executivo. Mahershala Ali segue confirmado para viver o personagem principal.

Sobre o autor

Gustavo Souza

Mestrando em Comunicação, pesquisador em Mídia e Infância e especialista em bate-papo sobre o universo da TV, novelas, cinema e streamings.

Comentar

Clique aqui para publicar um comentário